Passar para o conteúdo principal
Idioma

Segurança, Qualidade e Ambiente

Abrir

Notícias

Abrir

A minha conta

Idioma

Corte de aço de elevada espessura

A Air Liquide explica-lhe os processos que permitem cortar aços com elevadas espessuras.

Há diversos métodos para cortar o aço de espessura fina ou elevada (com mais de 20 milímetros). Para espessuras elevadas, as técnicas utilizadas são essencialmente térmicas. Estas recorrem por um lado a uma adição de energia térmica para iniciar a fusão do material, e por outro lado a um jato de gás forte para expulsar o material em fusão. Em função da qualidade pretendida, pode ser necessário desenvolver um trabalho suplementar de maquinagem.

Quer aprofundar este tema com os nossos especialistas? Contacte-nos →

corte_plasma_banner

O oxicorte e o corte por plasma

No domínio do corte de médias a elevadas espessuras há muitos setores industriais que recorrem a dois tipos de tecnologias: o oxicorte e o corte por plasma. Estes são processos térmicos largamente utilizados no corte de aços de construção (também denominado aço macio) com espessuras acima dos 20 mm por meio de um jato de corte à base de oxigénio.

  • O processo de oxicorte impõe-se na indústria para o corte de elevadas espessuras.
  • O plasma é mais utilizado nas gamas intermédias e permite o corte de outros materiais como o aço inox, o alumínio e suas ligas e outros metais

O corte a laser

A tecnologia de corte a laser adapta-se em particular a espessuras baixas e médias, sendo apreciada pela sua precisão, velocidade de corte muito elevada e, por conseguinte, por uma capacidade para tratar da produção de grandes séries.
O aumento das potências e a redução do custo marginal por kWh dos lasers abrem a este processo novas possibilidades no corte dos aços de elevada espessura penetrando nos domínios do corte por plasma para espessuras superiores a 20 mm.

Na indústria, este processo está limitado a aplicações automáticas, não se utilizando em aplicações manuais por questões de precisão e segurança.
A energia térmica é conduzida pelo laser, utilizando-se habitualmente como gás de corte o azoto ou o oxigénio em função dos materiais. A pureza do gás é extremamente importante para otimizar a qualidade e a produtividade.

Uma das principais vantagens destes dois processos reside na polivalência da sua utilização em modo manual (reparação, manutenção, artesanato e adaptação a estaleiros) ou em modo automático para a realização do corte de peças em séries maiores.

Se tiver alguma questão sobre o oxicorte, o corte por plasma e a laser, não hesite em contactar a Air Liquide. Se tiver qualquer pedido sobre gases, gases especiais, ou assistência, solicite um orçamento aos nossos especialistas.

As nossas solução para soldadura e corte

Corte industrial →

Arcal →

Albee →

Flamal →

Exeltop →

Tem alguma necessidade ou pergunta sobre as nossas soluções?
Complete este formulário, a equipa da Air Liquide entrará em contacto consigo o mais rapidamente possível.
Endereço

Sociedade Portuguesa do Ar Líquido, Arlíquido Lda
Rua Dr António Loureiro Borges, 4-2º
Arquiparque-Miraflores
1495-131 Algés - Portugal