Passar para o conteúdo principal
Idioma

A minha conta

Idioma

Qual é a diferença entre os processos de soldadura MIG e MAG?

A Air Liquide explica-lhe as especificidades e as diferenças da soldadura MIG/MAG.

Quer aprofundar este tema com os nossos especialistas? Contacte-nos →

processo_soldadura_mig_mag_banner

Os processos de soldadura MIG e MAG

Os processos de soldadura MIG e MAG são ambos processos de soldadura com arco manuais, semiautomáticos, automáticos ou robotizados. A utilização de uma bobina de metal de adição pelo soldador, elétrodo fusível também denominado fio de soldadura, permite executar soldaduras MIG/MAG em contínuo. Estes processos proporcionam uma boa penetração e podem soldar materiais de espessuras finas a elevadas. Estão acessíveis inúmeras regulações (velocidade do fio, corrente, tensão, etc.) nas máquinas de soldadura com arco MIG/MAG e algumas estão associadas. Os geradores recentes utilizam sinergias: receitas de funcionamento adaptadas que fazem evoluir os parâmetros de forma definida e que simplificam bastante as operações limitando, por exemplo, parâmetros variáveis como a velocidade do fio.

Que tipo de gás utilizar?

Os processos MIG e MAG não utilizam o mesmo tipo de gás. Com efeito, a soldadura MIG exige um gás inerte. Este não reage com o metal fundido e serve sobretudo para proteger o banho de fusão. Trata-se principalmente de árgon, ou misturas de árgon/hélio, ou até mesmo hélio puro. O aspeto do cordão de soldadura MIG é um dos parâmetros críticos.

Regra geral, a soldadura MAG requer que se utilize o árgon como gás de base, misturado com gases ativos (oxidantes conforme NF EN ISO 14175) como o CO2 e/ou o O2.

Na realidade, os gases oxidantes criam, de forma limitada, óxidos na superfície. Estes óxidos são “emissivos”: vão facilitar a saída de eletrões e, portanto, contribuir para a estabilidade do arco elétrico. Todavia, no sentido de limitar os níveis de oxidação do cordão, importa controlar com rigor o teor de elementos oxidantes no gás de proteção.

Podemos assim encontrar:

  • Para aços inoxidáveis: misturas Ar-CO2 ou Ar-O2 com teores inferiores a 2%. É indispensável aqui não oxidar o crómio, elemento crucial para a proteção anticorrosiva.
  • Para os aços: misturas Ar-CO2, Ar-O2, ou Ar-CO2-O2. O teor de elementos oxidantes pode chegar a 18%. O poder oxidante do oxigénio é mais elevado do que o do CO2. O oxigénio exerce igualmente um papel tensioativo, permitindo uma melhor difusão do cordão (molhagem) e uma menor viscosidade do banho de fusão. Daqui resulta uma maior velocidade de progressão na horizontal mas uma maior dificuldade em lidar com o banho no momento da soldadura em posição.

Para a soldadura com fio fluxado, o teor de elementos oxidantes é crítico. Com efeito, estes vão contribuir diretamente para as perdas de elementos de liga adicionados no fluxo do metal de adição. Importa, pois, respeitar as especificações do metal de adição. Encontramos, assim, gases da classe M20, M21 conforme a ISO 14175 ou até CO2 puro.

Sabia que…?
Podemos fornecer-lhe em garrafas de gás diretamente na nossa rede de distribuidores, bem como o material de soldadura por arco elétrico adaptado: fios de soldadura para o processo MIG/MAG, varetas para o processo TIG, elétrodos revestidos para o MMA, tochas para todos os processos TIG Plasma ou MIG MAG. A Air Liquide propõe igualmente uma gama alargada de gases de soldadura diretamente às empresas, em garrafas de diferentes dimensões, para além do material necessário para a respetiva aplicação. Não hesite em contactar a Air Liquide para conhecer os preços e as composições das misturas oferecidas.


A Air Liquide e os seus especialistas em soldadura MIG/MAG estão à sua disposição para responder a todas as perguntas ou pedidos de informação.

As nossas soluções para soldadura

Soldadura industrial →

Arcal →

Albee →

Flamal →

Exeltop →

Tem alguma necessidade ou pergunta sobre as nossas soluções?
Complete este formulário, a equipa da Air Liquide entrará em contacto consigo o mais rapidamente possível.
Endereço

Sociedade Portuguesa do Ar Líquido, Arlíquido Lda
Rua Dr António Loureiro Borges, 4-2º
Arquiparque-Miraflores
1495-131 Algés - Portugal