Passar para o conteúdo principal
Idioma

A minha conta

Idioma

Farmacêutica e biotecnologia
Seleccione a fase na qual a Air Liquide intervém na sua cadeia de valor.
  • Fabrico de ingredientes ativos

  • Formulação, embalagem e distribuição de medicamentos

  • Controlo de qualidade

Controlo da temperatura dos reatores químicos

Há determinadas fases no fabrico de ingredientes ativos, tais como as reações químicas exotérmicas ou reações que requerem temperaturas baixas (por exemplo, a síntese quiral) ou muito baixas para que possam ser controladas de forma eficiente e segura. O uso de azoto líquido permite refrigerar indiretamente o meio de reação e manter uma temperatura baixa, de forma que as reações químicas adequadas se possam produzir.

Para as necessidades de refrigeração dos clientes, as UNIDADES DE REFRIGERAÇÃO CRIOGÉNICA da Air Liquide controlam as suas reações químicas através de uma regulação rigorosa da temperatura. O uso de frio criogénico evita que se utilizem refrigerantes baseados em clorofluorcarbonetos e permite obter temperaturas muito baixas. Uma elevada potência de refrigeração ajuda a controlar de forma segura as reações exotérmicas. Se forem necessários ciclos de refrigeração e aquecimento, dispomos de um módulo térmico que usa vapor a baixa pressão como opção. Com esta combinação, podemos controlar um vasto conjunto de processos com temperaturas desde -140 °C até +200 °C, com um arranque rápido e ciclos curtos.

A Air Liquide oferece inúmeras soluções padrão, chave na mão, com capacidades refrigerantes que podem atingir 100 kW.

Gases

Utiliza os seguintes gases industriais fornecidos pela Air Liquide na sua actividade ou processos?

Fale connosco para mais informação.

Equipamentos para gases industriais

Saiba mais na nossa página dedicada aos equipamentos de aplicação dos gases.

Serviços

Recursos

Endereço

Sociedade Portuguesa do Ar Líquido, Arlíquido Lda
Rua Dr António Loureiro Borges, 4-2º
Arquiparque-Miraflores
1495-131 Algés - Portugal